Freelancer – O Modo do Século XXI de Fazer Dinheiro

Quando você pensa em Freelancer, qual a primeira coisa que vem à sua cabeça? Provavelmente você pensa em um jornalista ou escritor.

Isso acontece porque, durante muito tempo, o único trabalho real que você poderia ter como Freelancer tinha haver com a palavra “escrita”.

Mas isso agora é passado, estamos no século XXI, em uma época que valoriza Freelancers em milhares de trabalhos diferentes.

Provavelmente você já tenha ouvido falar de fotógrafos Freelancer também, você já deve ter encontrado um ou dois em sua vida, porém o que acontece com os designers Freelancer de Software, especialistas médicos do faturamento Freelancer, ou mesmo pesquisadores científicos Freelancer?

São trabalhos que começaram recentemente a ter um crescimento maciço em seus respectivos campos, porque mais e mais pessoas estão percebendo que podem fazer muito mais dinheiro trabalhando para si próprio como Freelancers do que jamais poderiam unicamente trabalhando sob a asa do seu empregador anterior.

Parece muito bom, não é? Você trabalha em algum campo por alguns anos, ganha experiência em sua área e depois, gradualmente, faz a troca do trabalho das oito às dezoito para se tornar seu próprio patrão como um Freelancer.

Será que é tão fácil como parece se tornar um Freelancer e ganhar a vida fazendo trabalhos como Freelancer?

Tenha em mente que alguns Freelancers lá fora, estão fazendo trabalho em tempo parcial.

Não porque fazem uma tonelada de dinheiro e que tenham que trabalhar dois dias por semana, mas porque tiveram alguma dificuldade em encontrar um trabalho no passado e precisam de uma opção mais sólida de carreira, a fim de se certificar de que não vão estar a beira da falência.

Porém, este cenário não tem que acontecer com você, se você estiver disposto a fazer o que for preciso para se tornar um Freelancer. Sua opção de carreira não acontecerá da noite para o dia, mas você vai se tornar muito mais sucedido no que faz. Isso é garantido!

Para isso, o primeiro passo é decidir se  você tem ou não o que é preciso para se tornar um Freelancer.

Todos nós queremos ser o nosso próprio patrão, mas teremos todos a dedicação de que é preciso para ser bem sucedido sem o olhar atento de nossos supervisores? Infelizmente, não.

Por isso, você tem que sentar e pensar sobre o que faz de você tão especial no mundo dos Freelancers.

Você tem habilidade em se destacar entre as hordas de pessoas diferentes, todos buscando o mesmo trabalho que você?

Você tem habilidade de gerenciamento de tempo necessário para executar o seu próprio funcionamento Freelancer e atender a todos os prazos estabelecidos por seu clientes?

FreelancerSe você tem alguma dúvida sobre Freelancer, então seria melhor para você tentar uma carreira a longo prazo.

Agora, se estiver disposto a ir para o negócio Freelancer com os dois pés, é preciso começar lentamente antes que você possa realmente arrecadar algum dinheiro.

Se estiver trabalhando, saia do seu emprego agora. Em vez disso, você precisa começar a sua busca pelo trabalho Freelancer em sua área de especialização na internet e ver o que pode descobrir.

Algumas habilidades, como a capacidade de escrever bem ou fazer design, são altamente comercializáveis, se esse for o seu caso, você não terá nenhuma dificuldade em encontrar uma mina de ouro de trabalho.

Caso contrário, as tarefas que não são tão comercializáveis como Freelancer, darão um pouco mais de dificuldade em encontrar trabalho para o seu funcionamento independente.

Atualmente, os campos que mais se destacam como Freelancer incluem redação, edição, fotografia, Webdesign e arquitetura.

Depois de ter escolhido o campo de Freelancer que você quer atuar, você precisará encontrar os seus primeiros clientes. Seja lá o que tenha escolhido, não comece a sua busca com qualquer um dos clientes que você possa ter encontrado no seu trabalho atual.

Existem algumas leis contra esta prática e pode lhe trazer problemas sérios se você for apanhado.

Ao invés disso, vá para o seu motor de busca favorito e procure por fóruns e banco de dados projetados especificamente para Freelancers que procuram trabalho em um campo particular.

Existem inúmeros lugares que você pode visitar, e dentro de poucas horas, você terá mais de dez lugares on-line para encontrar um emprego como Freelancer.

Agora tudo o que você tem que fazer é procurar em cada um desses sites e encontrar as posições como Freelancer que soem bem para você.

Quando você começar como um Freelancer, terá que aceitar alguns trabalhos que não pagam muito bem. Isso até que é bom, pois são esses trabalhos que irão ajudá-lo a construir o seu conjunto de habilidades.

Você aprenderá a gerir mais o seu tempo, acelerar o seu fluxo de trabalho, e ficará mais acostumado a lidar com o computador e a internet para procurar respostas para todas as perguntas e dúvidas surgir durante o trabalho que estiver fazendo para o seu cliente.

Esses trabalhos de pagamento baixo vão durar um bom tempo, até você montar uma lista enorme de clientes satisfeitos para competir principalmente com todos os outros Freelancers em seu campo.

Até você formar trabalhos bem mais remunerados e perceber que praticamente dobrou o seu rendimento atual como Freelancer.

Até chegar um momento, em que você irá se sentir confiante o bastante e começará a pensar em reduzir o número de horas que você trabalha em seu trabalho atual ao status de tempo parcial ou até mesmo pensar em parar o seu trabalho e fazer fortunas apenas através de Freelancer em seu campo selecionado.

 Se você quiser já pode começar por aqui:

www.eufacopor10.com.br

www.freela.com.br

www.escolafreelancer.com

 

 

Author: João Barreto

João Barreto é o fundador e editor do blog Autônomo na WEB! Conheceu o Marketing Digital em 2013, o que lhe proporcionou um ganho de renda extra. Após ser demitido do seu emprego em 2014, resolveu ser autônomo e fazer dinheiro através dos seus projetos na internet. É de Salvador/BA. Bacharel em Sistemas de Informação pela Faculdade Ruy Barbosa. Viciado em Games desde pequeno, gosta também de Natação, Karatê, Corrida e de viajar e conhecer esse mundo que não parece, mas é pequeno! ;)

Share This Post On

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: